share on:

Fui fazer algumas compras na Av. Osvaldo Aranha e antes de ir para casa vi uma senhora tomando um café muito bonito no Viena Café e decidi imitar. Pedi um Moccachino com chantilly e uma empada de frango com azeitona.

Recebi uma linda taça com as camadas sorrindo pra mim. Leite condensado, chocolate e café! Além é claro do chantily pouvilhado com chocolate. Comi o chantily de colher para depois misturar tudo. Estava maravilhoso!

Minha empada estava com uma carinha muito boa. Era grande, do tamanho de uma bola de tenis. Bem douradinha!

Por dentro, puro recheio! A massa era bem fininha, literalmente só uma casquinha. Apesar de não aparecer muito na foto, tinha sim várias azeitonas. Achei que pudesse ficar um pouco seca por não ter queijo, mas o frango estava bem molhadinho! Uma delícia.

O café e a empada saíram por R$16,50. Minha surpresa ficou na ida até o caixa. Apesar das múltiplas plaquinhas indicando que o estabelecimento não aceitava cartão, eu só reparei na ida até o caixa. Ainda bem que eu tinha o valor, se não estaria em apuros.

Curtindo um café no Bom Fim. #coffe #bomfim #cafe

Uma foto publicada por Blog Gastroterapia (@bloggastroterapia) em

Não queria diminuir a qualidade do local porque não trabalham com cartões, mas pra mim isto é uma besteira. Os donos tem a ilusão de economizar quando na verdade estão perdendo vendas e de quebra ainda se expondo a maiores riscos de assalto. Também fico desconfiada quando não aceitam cartão pois normalmente também não emitem NF, e foi o que aconteceu no Viena.

Detalhes a parte, o local é bem simples, tem poucas mesas dentro e outras poucas do lado de fora. O atendimento foi muito rápido e atencioso. O preço também é muito em conta. Se não fosse essa questão do cartão eu recomendaria sem ressalvas!

O Viena Café fica na Felipe Camarão, 751, quase esquina com a Osvaldo Aranha, no bairro Rio Branco em Porto Alegre. Pagamento apenas em dinheiro.

share on:
Julia Soares

Julia Soares

Administradora, cursando pós em Gestão em Gastronomia. Adoro comer bem, ir ao cinema e qualquer coisa originária do Japão, desde a comida às artes marciais.