share on:

Oi pessoal! Há algum tempo atrás fomos convidados pelo pessoal do Polo Cervejeiro do Sebrae-RS para uma janta harmonizada entre algumas de suas marcas de cervejas artesanais com pratos do queridinho Via Imperatore. Uma mistura que não tinha como dar errado, mas também não imaginava dar tão certo!

polocervejeirodosebrae-rs

Em meio às peças vintage do Via Imperatore, começamos a degustação com a cerveja Lichtenhainer da Cevejaria HunsRück. Descrita como uma Historical Beer,a receita é inspirada na germânica, com sabor defumado e alguma acidez no paladar. Super saborosa.

polocervejeirodo-sebrae-rs02

Pra acompanhar ela como uma luva nos foi servido um Cogumelo recheado com palmito e cream cheese. Pelo sabor defumado da cerveja e sua acidez, o cogumelo trazia um contraste adocicado. Pra mim, uma das melhores harmonizações da noite!

polocervejeirodo-sebrae-rs03

A segunda cerveja que recebemos foi a Stambecco da Cervejaria Ordeo. Uma doppelbock de coloração avermelhada bem característica e com notas bem acentuadas de caramelo, sem pesar muito a língua.

polocervejeirodo-sebrae-rs04

Para acompanha-la, foi servido um Tortei ao molho Funghi. A combinação deles é incrível na boca, o que me surpreendeu. Tortei é uma massa adocicada, a cerveja também… Mas o molho foi feito com um toque a mais de sal e pimenta, o que reduziu a sensação doce no paladar.

polocervejeirodo-sebrae-rs05

Logo depois recebemos a Cornucopia da Cervejaria Babel, uma Saison Spécialitè com trigo, centeio, aveia e pimenta da Jamaica. Com coloração âmbar, percebe-se a pimenta da Jamaica na parte posterior da língua e um amargor maior do que as cervejas servidas anteriormente. Nunca tinha provado cerveja com pimenta, curti!

polocervejeirodo-sebrae-rs06

Ela foi servida com um Penne à la Matriciana. A combinação é inusitada, pois a massa também era apimentada. A receita original leva guanciale (que difere do bacon por ser feito da bochecha do porco e não pela barriga), mas acho que o que foi servido com bacon – que não estraga em nada a receita, é a versão abrasileirada do prato. A pimenta do prato complementou a da cerveja, o que deixou a boca com um ardido que eu, particularmente, adoro.

polocervejeirodo-sebrae-rs07

Na sequencia veio a Ernesto da Cervejaria Zapata. Uma Imperial Irish Red Ale bem diferente. A cor é avermelhada, o amargor é intenso, mas há nela também certa defumação. Recomendo que provem, é difícil de explicar.

polocervejeirodo-sebrae-rs09

Para acompanhar, Risoto de Alho Poró e Escalopes de Filé ao molho Madeira. Essa combinação foi bem legal. Como a cerveja da Zapata é mais amarga o risoto e o filé vieram bem adocicados. Além de uma preparação para a sobremesa – sim, teve sobremesa – ela ajudou a limpar o nosso paladar. Adorei esta harmonização!

polocervejeirodo-sebrae-rs08

Para terminar com chave de ouro, recebemos a Nº 15 Black da Cervejaria ZoZ. Uma cerveja bastante encorpada, não muito amarga e com notas de café. A cerveja tem um teor alcoólico bem maior que as demais: 9,64%vol.

polocervejeirodo-sebrae-rs10

O que ajudou a combinar SUPER bem com o Cheesecake de Frutas Vermelhas que estava sensacional. Essa cerveja preta me parece ótima pra combinar com qualquer tipo de doce que traga gordura junto – bolos, brownies e até mesmo sorvete.

polocervejeirodo-sebrae-rs11

Agradecemos imensamente ao Sebrae-RS e ao Polo Cervejeiro pelo convite. Esperamos os próximos eventos para conhecer as novidades deste pessoal que ainda batalha por seu espaço em meio às grandes empresas e que faz um trabalho muito legal.

share on:
Sofia Etges

Sofia Etges

Aficcionada em cozinhar e comer bem. Adoro conhecer lugares novos – sejam continentes, países, cidades ou restaurantes. Todos com o mesmo propósito: conhecer cultura através do paladar.

Leave a Response